domingo, 26 de novembro de 2006

China impede reunião de hemofílicos

A Reuters noticia que a polícia chinesa proibiu uma conferência de ativistas hemofílicos denominada "Blood safety, AIDS and Human Rights", organizada pelo Beijing Aizhixing Institute of Health Education.
O governo chines, tal como em todas ditaduras, tem verdadeiro horror em reconhecer problemas na saúde pública, porque contradizem a imagem oficial de "higiene social". A epidemia de aids ainda é tabu na China. No entanto, a representante chinesa, Margaret Chan foi eleita para ser a nova diretora da Organização Mundial da Saúde, com o voto brasileiro e, apoio da burocracia da organização.

Um comentário:

HEMOFILIA NEWS - BLOG DE MAXIMILIANO ANARELLI DE BEM COM A VIDA disse...

SALVE AMIGO. LI UM LIVRO DO HENFIL A TEMPOS, ONDE ELE DIZ QUE NA CHINA NÃO HAVIA HEMOFÍLICOS, MAS AGORA VEJO ACHINA COMPRANDO GRANDES ESTOQUES DE FATOR DE COAGULAÇÃO, E PESQUISEI NA CRI E ME DIZEM QUE SÃO 4 MILHÕES, SERÁ QUE NA VISITA DE HENFIL TENTARAM ESCONDER A HEMOFILIA..